Reabilitação oral
e estética
com implantes

Solicite
uma Avaliação

A oclusão – ou mordida – é o resultado de movimentos musculares e interações dentárias que geram impacto uns sobre os outros. Essa carga – denominada carga mastigatória ou carga oclusal – precisa estar igualmente distribuída pela boca a fim de não sobrecarregar nenhuma região ou estrutura. Para tanto é necessário por muitas vezes recuperar esse equilíbrio quando, por exemplo, perdemos um dente. Para isso os implantes desempenham muito bem esse papel. Ao perdermos um dente, nossa mordida fica afetada de tal forma que o dente que realizava a mordida com o elemento perdido fica sem seu devido antagonista. Isso gera um desequilíbrio da mordida, pois, tendo uma menor área para distribuir as cargas da mastigação, acabamos sobrecarregando outras regiões, o que pode, a longo prazo, trazer a nós problemas de articulação, musculatura e até mesmo comprometer a saúde dos outros dentes. Geralmente feitos de titânio, um material compatível com nosso organismo, os implantes são instalados no osso onde antes havia um dente por meio de uma cirurgia muito confortável ao paciente. Depois de instalados, esperam-se de três a seis meses para que haja a cicatrização – que nesse caso é chamado de osseointegração, um processo no qual o implante é incorporado pelo osso ao seu redor, trazendo estabilidade para suportar uma prótese, capaz de desempenhar a mastigação com uma eficiência semelhante à dos dentes naturais. Existem vários tipos de materiais existentes no mercado para que possamos confeccionar as próteses, buscando a excelência na estética e na função mastigatória. O tratamento com implantes é a forma mais moderna e eficaz de repor dentes perdidos, pois formam uma base de sustentação óssea para a prótese, tal qual a raiz faz para a coroa, quando comparamos com a anatomia dos dentes naturais. Assim, o tratamento é o mais indicado para quem perdeu um, alguns ou até todos os dentes, e já usam dentadura. Nesse último caso, o ganho em termos de eficiência mastigatória e segurança para falar e sorrir é muito grande.
Resultado Final
Pré-tratamento
Resultado Final
Pré-tratamento
Previous
Next

Paciente 20

Paciente, 38 anos, gênero feminino, procurou nossa equipe, com queixa de insatisfação estética de seus dentes. Paciente relatou na consulta inicial que sofreu uma queda de bicicleta na infância o que veio a traumatizar seus dentes anteriores e desta época em diante a situação veio piorando progressivamente. Após criterioso planejamento, a paciente se submeteu a várias modalidades de tratamentos: ortodontia, plásticas gengivais e alguns implantes, finalizando com reabilitação estética com facetas e lentes de cerâmica, onde conseguimos um novo e harmonioso sorriso, devolvendo a autoestima e qualidade de vida a paciente (vide depoimento da paciente).

Caso realizado por Prof. Me. José Olavo Mendes
' '